Notícias
Imprensa, mídia e novidades

Qual o tipo de acabamento que você quer fazer?
12 de Abril de 2019

Qual o tipo de acabamento que você quer fazer?

Me lembro como se fosse hoje. Minha primeira aula no Senai sobre acabamento. O instrutor nos reuniu e nos mostrou uma belíssima peça envernizada em black piano. Nunca me esqueço! A textura de espelho, o alto brilho refletindo nossos rostos, era uma obra de arte! A primeira pergunta que fizemos: _” Que verniz o senhor usou”? E a resposta não poderia ter nos surpreendido mais: – “ O Verniz não é importante! Se vocês querem um acabamento como esse, preocupem-se com a base!” Um bom acabamento começa com uma boa base! Então passamos mais tempo aprendendo a preparar o substrato para a pintura do que propriamente pintando. Foi nessa época que aprendi o uso correto dos abrasivos, e se você quer realmente um acabamento que salte aos seus olhos como aquele black piano aos meus, preocupe-se que a sua base ou substrato esteja bem preparado ou lixado.

Não sabemos ao certo, mas diz a história que os egípcios utilizavam areia para tratar madeira e deixa-la menos áspera. Passados alguns milhares de anos e tecnologia mais avançada, hoje os abrasivos são parte essencial e a mais importante etapa do processo de acabamento de móveis e repintura automotiva

Mas quais seriam as regras básicas para se utilizar os abrasivos de maneira correta?

Regra 1:

Escolha o abrasivo correto para o acabamento correto. Existem abrasivos de corte e de acabamento, que usados da maneira certa trazem resultados perfeitos! Grão Oxido de alumínio é mais utilizado para desbaste e corte em lixas mais grossas como #60 e #80 por exemplo, mas carbureto de silício é bastante utilizado para acabamento e lixamento de seladoras e vernizes, têm menos poder de corte mas alto padrão de acabamento

Regra 2:

Respeite a regra dos 50% ! A configuração correta da sequência de lixas é fundamental para o acabamento correto. Nunca utilize uma lixa que seja maior que 50% que a anterior. Exemplo: #80 /2 =40 +80 = # 120 ou seja #80 +50% = #120 , esse é o próximo abrasivo da sequência e assim por diante!

Regra 3:

Suas mãos são seus melhores olhos! Uma vez que lixou a peça a ser acabada, veja se não ficou nenhuma parte para trás sem lixar! Deslize sua mão pela peça e sinta a textura, se tiver algo diferente, você vai notar!

Regra 4:

Utilize abrasivos de boa qualidade! Sua peça e seu cliente merecem! Abrasivos de má qualidade causam retrabalho na maioria das vezes e deixam um acabamento irregular, quando esquentam, soltam grãos e riscam a peça! Abrasivos de boa qualidade garantem que você faça o serviço uma única vez e com qualidade! Investir um bom abrasivo elimina retrabalho.

Regra 5

Peças de madeira e laminas de madeira, precisam ser lixadas em três sentidos diferentes! Assim você consegue cortar a fibra da madeira, o que evita “ arrepios” das fibras na hora da pintura ! Essa é uma dica de ouro para conseguir um acabamento acetinado!

Aproveite as dicas e encante seus clientes com acabamentos perfeitos! A Arply possui uma linha completa de abrasivos e uma equipe técnica pronta para orientar você!



Autor:

Flávio Farage – Especialista em processos de acabamento e pintura técnica com 23 anos de experiência. Especialista em tratamento e preparação de superfícies. Gerente de desenvolvimento de processos no Grupo ArpiAspersul.

Últimas Notícias

Arply
Rua Irmão Gildo Schiavo, 266
Bairro São Cristovão
Caxias do Sul-RS | Brasil
Certificações